3 cases de sucesso dos melhores empreendedores brasileiros

Inspire-se eda com os melhores cases de empreendedores no Brasil

O mercado empreendedor vem crescendo rapidamente no Brasil nos últimos anos. Os empreendedores brasileiros vêm ganhando destaque no cenário.

É cada vez maior o número de pessoas que abandonam seus empregos para criar seus próprios negócios ou até mesmo que tem o primeiro contato com o mercado de trabalho através de um empreendimento

Apesar de ser uma decisão de risco, investir no mercado empreendedor pode gerar muitos frutos e são muitos os brasileiros que conseguem transformar seus sonhos em trabalhos

É comum que ainda tenham receio de dar o pontapé inicial, portanto para te inspirar a dar o primeiro passo no seu negócio, trouxemos 3 inspirações de grandes cases de sucesso de empreendedores brasileiros, que conseguiram transformar não somente suas vidas, mas a de milhares de pessoas no Brasil e no mundo. Confira!

1. Zee Dog

Zee.Dog é uma marca que surgiu no mercado em 2012 com o propósito de conectar cachorros e pessoas. A ideia foi criada por dois irmãos Brasileiros, Felipe e Rodrigo, quando eles viviam em Los Angeles, nos Estados Unidos.

Produto do empreendedor brasileiro da marca Zee.Dog

Os produtos são tanto para o cachorro quanto para seu dono, transmitindo um estilo de vida e uma experiência por trás da compra desses itens

O contexto da marca surgiu quando os empreendedores brasileiros tinham acabado de adotar dois cachorros e saíram em busca de acessórios que, como tinham em mente, seriam para eles também.

A partir disso, perceberam que não havia nenhuma marca que reconhecessem ou que se identificassem e assim surgiu a percepção de criar um conceito e não só uma marca. 

Quando retornaram ao Brasil, juntaram-se com o amigo de infância Rodrigo Monteiro e desenharam a marca, que foi lançada três anos depois.

São acessórios de cachorro vendidos e usados como produtos de expressão, que demonstram uma extensão do estilo de vida que o dono possui. 

A ZeeDog busca tendências para assim criar produtos para pets, com uma compreensão mais fundamental do que as pessoas querem. 

Segundo a própria marca, nasceram de uma necessidade e assim criaram uma comunidade internacional de pessoas que amam cachorros e procuram uma alternativa

Hoje em dia, apenas alguns anos depois da criação, a Zee Dog fatura na casa dos milhões. Além disso, está presente em mais de 25 países, possui 18 lojas espalhadas pelo Brasil e cinco em Nova York, perdendo apenas para as Havaianas em alcance global de marca.

2. Brownie do Luiz

A história do Brownie do Luiz começou em 2005, quando o estudante de 15 anos Luiz Quinderé começou a levar os brownies que fazia na cozinha da casa dos pais para o colégio. 

Os doces fizeram muito sucesso entre os amigos, que o encorajaram a vendê-los no recreio. Alguns anos depois, as vendas se estenderam para a PUC-Rio, onde Luiz cursava Administração.

Com o aumento do reconhecimento, Luiz foi convidado para participar do programa Mais Você da Ana Maria Braga, onde preparou ao vivo seus famosos brownies. 

A repercussão foi enorme e os pedidos aumentaram tanto, que o empresário percebeu a necessidade de contratar funcionários e levar a produção para uma cozinha industrial em Laranjeiras. 

Junto com isso, surgiu a principal inovação da marca: o Veneno da Lata, a lata de casquinhas das bordas dos brownies.

Embalagem Veneno na lata do Luiz, empreendedor brasileiro.

O tempo foi passando e o Brownie do Luiz foi conquistando mais nome e mais espaço, abrindo diversas filiais em bairros como Leblon e Niterói. No entanto, a expansão não impediu que as novidades continuassem surgindo. 

Além de recheios como doce de leite, chocolate branco, limão e maracujá, surgiram parcerias como Bela Gil, que criou uma linha de brownie orgânico e vegano

Em 2015, apenas 3 anos depois de abrir uma fábrica em Laranjeiras, o Brownie do Luiz já apresentava mais de 200 pontos de venda no Rio de Janeirocinco em São Paulo e um faturamento de R$ 3,5 bilhões.

3. Chef’s Club

Chef’s Club é um aplicativo de clube de descontos, a partir do qual seus assinantes têm acesso a uma vasta rede de restaurantes parceiros pagando menos. Os descontos variam entre 30% e 50% e pode ser usado todos os dias da semana. 

Empreendedor brasileiro: Ilustração do cartão Chef's Club

A trajetória da empresa começou em 2011, quando Fabrizio Sierra fazia seu mestrado na Dinamarca e conheceu uma startup que oferecia descontos em restaurantes. 

O mesmo adotou essa ideia e começou a montar um plano para trazê-la para o Brasil. Para isso, começou a conversar com seu amigo Guilherme Mynssen, que largou seu emprego para se juntar a startup.

Alguns meses depois, em maio de 2012, eles lançaram o Chef’s Club no mercado com um aporte de R$ 200 mil de um investidor “anjo” e, aproximadamente um ano depois, a startup já havia recebido R$ 1,8 milhão

Com o passar dos anos, a marca foi ganhando cada vez mais nome e reconhecimento e, somente no ano de 2017, foi responsável pela movimentação de R$ 200 milhões de reais nos restaurantes parceiros

Hoje em dia, o Chefs Club já apresenta quase 3.000 restaurantes e está presente em 21 cidades do Brasil.

Depois de entender esses cases incríveis você deve estar animado para começar a empreender e virar um case de sucesso um dia, não é mesmo?

Temos um conteúdo sobre como iniciar nesse universo que pode ser muito interesse para você!

Entre em contato com a maior empresa júnior com foco em marketing do Rio de Janeiro e agende um diagnóstico gratuito para que nós possamos te ajudar a colocar o seu plano em prática. E boa sorte nessa jornada! Clique aqui.

Artigo escrito por:

Gostou desse artigo? Compartilhe.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
Linkdin
Share on email
Email
Share on whatsapp
Whatsapp
Share on telegram
Telegram

Artigos relacionados

DIAGNÓSTICO GRATUITO

Solicite GRATUITAMENTE um diagnóstico para sua empresa.

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Acesse nossa Política de Privacidade.