Skip links

Brand Equity: O que é e porque utilizá-lo?

Brand Equity é uma estratégia que faz com que marcas grandes sigam bem estabelecidas no mercado. Nesse artigo você vai saber os motivos que fazem essa realidade acontecer e porque você deve aplicá-la no seu negócio. Vem conhecer práticas realizadas por inúmeras empresas!

O que é Brand Equity?

Brand Equity, em inglês, significa “valor da marca”. Esse termo é responsável por descrever  a influência de uma marca para os consumidores. Além disso, ele também identifica o quanto o valor da marca é reconhecível e valorizado pela sociedade. Ou seja, o Brand Equity de uma marca é responsável por substituir o preço de um produto ou serviço na mente do consumidor.

Brand equity grandes marcas
Fonte: Guia de Marketing

Sabe quando você quer comprar um tênis e gosta de 2 opções, sendo uma delas R$100,00, e a outra, da Adidas, de R$450,00 e você optar pelo da Adidas? Isso é Brand Equity! A marca já possui um lugar na sua cabeça que significa “vale mais a pena”, porque você sabe o valor dela, mesmo o preço sendo mais alto.

Nem sempre a opção escolhida será a com mais valor, porém o consumidor sabe que ele existe. E isso facilita a decisão de compra.

Por que é tão importante?

Marcas como Coca-Cola, Apple, Nike, Netflix e muitas outras possuem seu brand equity bem estabelecido. Líderes no mercado, a importância desse valor é percebido no dia a dia, ao perceber o quanto são referência.

Alguns dos fatores que tornam o valor da marca ser tão importante são: 

  • A influência da sua marca impacta o mercado. Tanto em ritmo quanto em ditar tendências, ter um brand equity bem definido é um fator que contribui para a sua marca se tornar líder de mercado. A partir disso, o seu impacto será nos fornecedores, nas tendências e até mesmo para seus concorrentes.
  • Maior fidelização de clientes. Assim como visto no exemplo citado, do tênis, é muito comum essa fidelização ir além. O resultado de um brand equity eficiente é o público tendo uma maior conexão e até mesmo paixão pela empresa. Isso gera mais clientes, mais receita e também uma maior promoção da marca.

Como saber se estou construindo um bom Brand Equity?

Fazendo analogia  a um funil de vendas, o brand equity possui 5 etapas. Elas nos ajudam a compreender o que ocorre para que uma empresa consiga expor e elevar o seu valor. E são elas:

  • Conscientização. Onde, a partir de divulgação, como anúncios, a marca é notada pelo público.
  • Reconhecimento. Os consumidores passam a reconhecer a marca. O picpay, por exemplo, chegou a essa fase por meio do BBB. O banco passou a ser reconhecido nacionalmente devido à conscientização feita na mídia.
  • Testagem. O público passa a experimentar o seu produto ou serviço. Aqui é onde a fase de identificação, do funil de vendas, ocorre.
  • Preferência. Para que essa etapa seja efetiva, o cliente precisará ter tido boas experiências com a empresa. A partir disso, é comum que uma nova experiência seja desejada, ou seja, a marca passará a ser top of mind para aquele cliente.
  • Fidelidade. Aqui se concretiza o êxito do Brand Equity. Após inúmeras experiências, o cliente não só deseja mais a marca, como também passa a recomendá-la e usufruir de outros produtos e serviços da mesma.
Brand Equity Apple, McDonalds e Nike
Fonte: Raccon

Para saber se o Brand Equity da sua marca vem sendo efetivo, analise todas essas etapas. O marketing possui inúmeras funcionalidades, e entender todo a jornada do consumidor é uma delas.

Caso a sua marca esteja em uma dessas etapas, invista cada vez mais nos processos! Utilizar da estratégia de brand equity é uma fonte de sucesso empresarial.

Você sente que o Brand Equity da sua marca não é eficiente? A ESPM Jr., a mais conceituada empresa júnior com foco em marketing do Rio de Janeiro, se preocupa com todo o posicionamento de marca e pode ajudar a alavancar o seu negócio. Entre em contato conosco e agendaremos um papo!