Skip links

Brand Experience: Como fixar seu negócio na mente do cliente

Em um mundo extremamente competitivo como o mercado é hoje, as marcas vêm apostando cada vez mais em estratégias de conexão e diferenciação, como Brand Experience. Para isso, as experiências são ideais, criando uma memória relevante para o consumidor. E, além disso, fazendo com que ele tenha seu negócio em mente. 

Ilustração de brand experience
Fonte: InformaBTL

Criar uma experiência de marca não é só realizar uma ação com o nome da organização em destaque. É de fato compreender quais são os desejos do seu público e atendê-los de forma surpreendente e marcante. Essa é a brand experience: uma forma super inovadora e inteligente de fixar o seu negócio na mente do consumidor. 

Grandes organizações, como a Farm e a Reserva, já apostam em casas de experimentação imersivas da marca. Nelas, o público é convidado a viajar no branding e compreender, de fato, quem é aquela empresa. 

Casa Farm e Brand Experience

Na Casa Farm, por exemplo, estabelecida na Lagoa do Rio de Janeiro, a marca dispõe de uma programação semanal com atividades como Yoga, workshops de arranjos florais, entre outras experiências atreladas ao seu branding. Toda a identidade da Farm engloba uma imagem leve, floral e bastante carioca. Por isso, as atividades e decoração também trazem essa mesma energia, explorando todo o posicionamento da marca.

Fotos casa Farm
Fonte: Vogue e Glamour – Globo
Fotos casa Farm
Fonte: Vogue e Glamour – Globo

Oficina Reserva aplicando Brand Experience

Assim como a Oficina Reserva, onde jogos de futebol são transmitidos, existem pontos de barbearia e restaurantes com cerveja. Dessa forma, as marcas consolidam a sua relação com o consumidor. Assim, entregando mais do que apenas o produto, mas toda uma experiência agradável que supera as expectativas do público-alvo. 

Foto da Oficina Reserva
Fonte: Promoview

Como criar uma Brand Experience?

Para criar uma brand experience, existem alguns passos que devem ser seguidos:

1. Compreender o seu público-alvo

Para gerar valor ao grupo objetivo, é preciso, primeiro, compreender de fato quem é esse público e os seus desejos. Conhecê-los é imprescindível ao brainstorm de ideias. Isso ajuda na construção de um pensamento lógico de experiência.

2. Definir o universo de marca

Determinar os elementos que fazem parte do seu branding e todo o cosmo que envolve a marca e seus consumidores é fundamental. Isso faz com que a experiência compreenda esses tópicos. Assim sendo, de fato, agregadora ao seu público. 

Loja da Nike – Universo do esporte
Fonte: Redsplay

3. Brainstorm

Com esse diagnóstico traçado, inicia-se uma discussão aberta sobre possibilidades de atrelamentos entre os dois primeiros tópicos de Brand Experience. O objetivo é unir os desejos dos consumidores ao universo da marca.

Por brainstorm, entende-se a reunião de uma equipe com o objetivo de trazer ideias – das melhores às mais enfadonhas – a fim de construir uma estratégia solidificada.

4. Plano de ação para Brand Experience

Agora é por em prática! Com o diagnóstico finalizado e a estratégia definida, é possível desenvolver um plano de ação para colocar a sua ideia em prática!

E aí, você já pensou em como transformar o seu negócio em uma experiência completamente imersiva e inovadora? A ESPM Jr. pode te ajudar. Entre em contato conosco, a mais conceituada empresa júnior de marketing do Rio de Janeiro!