Skip links

Chatbot: Facilidade ou complexidade?

O avanço da tecnologia permitiu o desenvolvimento de diversas ferramentas que otimizam o processo de venda nas empresas. O uso de inteligência artificial nos setores de marketing vem aumentando à medida que as empresas começam a investir na experiência do usuário. O Chatbot foi uma dessas ferramentas, mas há quem diga que trouxe mais dor de cabeça do que de fato praticidade. 

O que é Chatbot?

De maneira simples, é um programa de computador que é programado para simular uma conversa humana em um chat. Funciona como uma alternativa para automatizar algumas tarefas repetitivas e burocráticas durante o atendimento. 

Você pode utilizar essa ferramenta tanto para um primeiro atendimento, quanto para de fato efetuar a venda do seu produto ou serviço. Basta estabelecer o seu principal foco e pré-definir o diálogo entre o usuário e a “máquina”.

Mas como funciona?

A inteligência artificial presente nos Chatbots pode funcionar de formas diferentes. As perguntas e respostas podem ser organizadas em um fluxograma, planejando do início ao fim da experiência do usuário.  

Os Chatbots comercializados podem funcionar de diversas maneiras e por isso você precisa prestar atenção na hora de escolher aquele que é ideal para a sua necessidade.  Alguns desses possuem algoritmo próprio e já oferecem algumas funcionalidades e fluxos como o Google AI

Ao montar as perguntas e respostas do bot, é importante pensar na experiência do usuário, e ter em mente que quanto mais prático for o passo a passo, mais chances de fechar negócios você tem. Além disso, é muito importante criar uma linguagem que se conecte com a sua persona. Às vezes colocar um robô para fazer a conexão pode dificultar esse processo e deixar o cliente mais distante. 

Chatbot
Fonte: Jivo Chat

Como saber se faz sentido e onde posso usar na minha empresa?

Antes de tudo, entenda a necessidade do seu negócio. Os Chatbots vem como uma forma de otimizar o processo de atendimento e venda dentro das empresas. Observe se o seu fluxo de atendimento é muito grande, e requer um meio facilitador. 

Como dito anteriormente, essa ferramenta pode ser usada para realizar vendas, tirar dúvidas e realizar os primeiros atendimentos com o cliente. Não é recomendado, independente do porte da sua empresa, substituir o atendimento humano, pois ainda existem demandas dos consumidores que os Chatbots não conseguem resolver. 

Em seguida, escolha em qual canal a tecnologia vai estar presente. Veja se para o seu negócio é mais interessante estar no Whatsapp, Facebook, ou no seu próprio site. 

O Chatbot restringe a interação com o usuário? 

Há quem diga que o Chatbot seja um avanço perigoso para o mercado. Muitas pessoas ainda se assustam com o uso da tecnologia e a forma como ela vem se desdobrando. 

O uso do Chatbot promove um atendimento mais rápido ao cliente, solucionando suas primeiras dúvidas em minutos e economizando tempo e custos operacionais da sua equipe. Por outro, dependendo da complexidade do assunto, muitas pessoas não conseguem obter o retorno esperado em uma conversa com o “robô” da empresa. 

Assim, a viabilidade e experiência proporcionada pelo Chatbot precisa ser analisada de perto. Veja e adapte sempre o seu fluxo de conversação dependendo de como o seu usuário se comporta.  Entenda e filtre as necessidades e dúvidas recorrentes dos clientes para assim encaminhar esse usuário para o atendimento humano ou não. 

Chatbot
Fonte: AB2L

Quer investir mais na experiência do usuário mas não sabe como? Quer se comunicar de forma mais clara e eficiente com o seu público? 

A ESPM Jr. oferece planos de comunicação estratégica, pesquisa de mercado e marketing digital para ajudar VOCÊ a encontrar melhores resultados para o seu negócio. Agende uma conversa com a nossa equipe!