Skip links

Merchandising: 4 marcas que fazem sucesso com a estratégia

O Merchandising se destaca como um dos meios no qual é possível melhorar o desempenho das vendas, conquistando a atenção dos consumidores e os incentivando a adquirir o produto sendo oferecido.

Nesse sentido, cada vez mais podemos observar como a experiência de compra está sendo tomada por diversas distrações e informações que tentam, e conseguem, puxar os consumidores em diferentes direções. Em razão disso, empresas estão tendo que incorporar sempre mais estratégias de marketing para captar o interesse dos consumidores e atrair maiores quantidades de clientes para seus produtos. 

O que é merchandising?

Merchandising é uma ferramenta de marketing que tem como finalidade principal atrair clientes presentes no ponto de venda. Isso acontece através do conhecimento a respeito de seus comportamentos e suas preferências, desejos e demandas. Porém, não é apenas no ponto de venda que os mesmos ocorrem. Ele pode ocorrer também fora destes e no ambiente virtual.

Regina Blessa, autora do livro “Merchandising no Ponto de Venda” destaca em sua obra as seguintes vantagens sobre a utilização desta estratégia: “Aumenta a média geral de vendas e o índice de compra por impulso; desenvolve a fidelidade dos consumidores à loja; atrai novos clientes para a loja; e aumenta os lucros.”

5 exemplos de marcas que fazem sucesso com o merchandising

1. COCA-COLA

Muitas vezes, quando o consumidor chega ao ponto de venda, ele já tem em mente todos os itens que deseja adquirir. Porém, já no local, ele encontra diversos outros produtos que não havia considerado antes. A Coca-Cola é uma das marcas que mais se destacam neste momento, pois utilizando do merchandising influencia efetivamente o consumidor a fechar o negócio e adquirir o produto, mesmo aquele não estando em seu plano original.

        Ação Coca-Cola 
Fonte: (www.pdativo.com.br)  

A gigante da indústria de bebidas é um ótimo exemplo de uma execução bem sucedida do merchandising no ponto de venda. As ações, como as presentes nas fotos, são um dos grandes motivos pelo qual a marca se tornou tão importante na vida das pessoas uma vez que, por estar sempre presente fisicamente no dia a dia dos consumidores, ela passa a também a ocupar um espaço dentro de suas mentes. 

3. O Boticário

Outro exemplo de merchandising bem-sucedido é da marca brasileira presente no setor de cosméticos há quase 45 anos: O Boticário. 

A compra nas lojas físicas da Boticário sempre foi combinada com a experiência dos sentidos, utilizando principalmente da percepção do olfato para conquistar os consumidores. Entretanto, ultimamente, a marca vem concentrando seus investimentos em um outro aspecto dos sentidos que não utiliza do cheiro de fragrâncias como sua peça principal. 

Além do foco em diversas causas responsáveis, o novo plano de reposicionamento da marca inclui a otimização do seu visual merchandising. Esta estratégia vem sendo utilizada pela marca com o objetivo de melhorar a comunicação com os seus clientes, através da construção de uma estética moderna, minimalista e agradável, além de fazer uso da tecnologia com tablets e conteúdo digital.

      Exposição produtos nas lojas do O Boticário
       Fonte: Mercado & Consumo

3. Zara – Visual merchandising 

A Zara, apesar de ser uma das maiores marcas de fast fashion do mundo, sempre fez pouca publicidade tradicional e quase nunca utiliza dos meios de comunicação digitais para divulgar seus produtos.O foco central da empresa espanhola está na escolha de lugares estratégicos para seus pontos de venda e a estrutura por trás das lojas.       

Ao redor do mundo as lojas são geralmente encontradas em setores estratégicos, como grandes shoppings e sua estrutura interna é apresentada como um diferencial para marca uma vez que, não importando em qual cidade do mundo você esteja, todas as lojas sempre vão ter a mesma comunicação visual.

Loja da Zara
Fonte: Shopping Leblon.

 A estética de seus pontos de venda foi padronizada para existir, em todas as unidades, como um  ambiente espaçoso, com iluminação agradável, decoração clean e minimalista e produtos bem expostos e separados.

4. Heineken

  Ação da Heineken no mercado norte-americano Winn Dixie
Fonte: Usuário @andresfloaiza no Twitter

O merchandising no ponto de venda da cervejaria holandesa é sempre feito de forma criativa e engloba assuntos atuais, ligados com os interesses de seu público. A estratégia faz com que o produto se destaque diante da concorrência e torna a compra ainda mais atrativa para aqueles que não foram para o local já pretendendo adquirir o produto. 

Essas grandes ações fazem com que o consumidor perceba a presença da marca além de criar, em suas mente, uma memória especificamente relacionada à marca.

E você, já pensou em aplicar a estratégia de Merchandising em sua empresa? Não perca tempo, se você quer saber mais sobre como aplicar essa e muitas outras estratégias para alavancar o seu negócio, entre em contato conosco! Somos a ESPM Jr., a mais conceituada empresa júnior de marketing do Rio de Janeiro.