Skip links

Persona: 5 passos para criar uma para o seu negócio

Você sabe como a persona é importante para o seu negócio? Baseada nos dados simples e profundos de seu público-alvo, ela é responsável por elevar o alinhamento entre o marketing e suas vendas. Por isso e outros motivos, você precisa saber como criar uma persona para o seu negócio em 5 passos!

Você sabe o que é uma persona?

Persona é um personagem criado que representa o cliente que sua empresa deseja atingir com uma comunicação assertiva, a fim de interagir com ele. Essa persona possui personalidade e características – como dores e o que faz da vida -, que compõem esse cliente ideal. Mas atenção: persona não é público-alvo.

Fonte: Armura Comunicação

Diferença entre persona e público-alvo 

Público-alvo, também conhecido como target, é uma definição mais abrangente e genérica do público geral que temos o intuito de atingir. Um público-alvo de determinada marca ou produto é baseado na faixa etária, classe social, gênero, em que etapa da vida estão, local onde vivem e aspectos comportamentais.

Para ficar ainda mais claro, veja esse exemplo:

Possível público-alvo de uma empresa de jóias: Homens e mulheres de 40 à 55 anos, moradores da capital do Rio de Janeiro, que possuam renda mensal entre 8 e 10 salários mínimos, gostam do mercado de luxo e de ir a lugares chiques com frequência.

Persona é o conceito mais complexo, então analisa os aspectos e dores mais profundos da pessoa que você quer ter não só como cliente, mas sim como alguém engajado com sua marca.

Agora veja a diferença, esse é um exemplo de persona para a mesma loja de jóias:

Marta, de 45 anos de idade, mora em Botafogo, possui 2 filhos e coordena sua empresa de sua própria casa, sem ter que ir para o escritório. Seu hobby favorito é ir ao shopping de luxo da região encontrar com amigas durante a tarde. Marta gosta de se presentear com jóias, então sempre procura lojas diferentes do mercado de luxo para renovar seu estoque.

Fonte: Linkwell

Agora que você já sabe as diferenças entre persona e público-alvo, saiba os 5 passos para criar uma e atingir com mais eficiência seu público-alvo:

1.  Tenha um nicho e um público-alvo bem definidos

Quando você conhece o mercado que está inserido e quem é seu público-alvo, fica mais fácil criar uma persona para seu negócio. Mas calma, se você ainda não tem certeza disso, saiba o que fazer para entender seu mercado.

O público-alvo é a chave para encontrar sua persona, porque é a partir dele que você conseguirá encontrar o personagem ideal que seu personagem quer suprir a dor ou desejo.

2. Colete dados do seu público

Essa etapa é ainda mais fácil para quem já possui uma rede de clientes, mas não se preocupe, a partir do seu público-alvo definido, já é possível coletar os dados necessários.

Existem alguns métodos que você pode usar para pesquisar dados para a construção de uma persona para o seu negócio, e eles consistem em entrevistas e/ou questionários. Nesse sentido, ambos podem ser realizados de forma online, presencial ou híbrida.

Fonte: Rock Content

O primeiro método que pode ser utilizado são as clássicas pesquisas qualitativas e/ou quantitativas. Elas obtêm dados do público de forma anônima e rápida, sendo valiosas para medir informações de quem o seu negócio atende.

A quantitativa pode ser feita pelo Google Forms e Wufoo, eles são sites que você consegue criar formulários e divulgar para o público responder.

Já a qualitativa, pode ser feita tanto presencialmente como online, ela requer atenção aos sinais que o respondente dá e também requer sabedoria para fazer perguntas estratégicas e que vão ser úteis para a criação da persona.

Outras formas de coletar dados do público é a partir de pesquisas etnográficas/netnográficas, esses modelos de pesquisas são mais profundos, porém podem demorar meses para serem realizados. Além disso, o ideal é contratar um antropólogo para realizar a etnografia.

3. Faça perguntas relevantes para o público

Geralmente os questionários para conhecer o seu público não são extremamente longos, porém devem possuir perguntas que os façam expor características que irão agregar para o seu negócio.

Por isso, seu questionário pode ser divido em algumas partes, como as listadas a seguir:

  • Dados demográficos

Idade, gênero, renda, onde vive, status familiar e nível educacional precisam estar presentes nessa sessão do questionário.

  • Dados comportamentais

Aqui o ideal é perguntar sobre hábitos que o público tem em sua rotina. Ex: vai à festas com frequência? academia? viagens?

  • Status profissional

Dependendo do seu negócio, essa é uma das perguntas que ajudará muito na criação de sua persona. Aqui o ideal é questionar o cargo, nível e setor que o respondente se encontra.

  • Desafios que passa e pontos fracos

Medos e obstáculos que o entrevistado sente devem ser colocados aqui. Essa pergunta é valiosa para muitos negócios.

  • Consumo de conteúdos

Necessário para todo e qualquer negócio. Para criar uma persona é fundamental saber de onde seu público prefere consumir informação, quem os influencia e de onde acha mais relevante.

  • Processo de compra

Por último, mas não menos importante, essa sessão irá questionar como o público toma decisões de compra. Nesse sentido, tudo que é relevante para que ele compre determinado produto ou serviço estará aqui.

4. Selecione os pontos mais relevantes para o seu negócio

Após realizar a pesquisa escolhida, a análise de todas as informações coletadas é fundamental para que sua persona consiga descrever o que seu negócio pretende atingir.

Aqui é preciso que as dores sejam identificadas e unidas a pontos que seu negócio busca solucionar, para que a persona seja atingida com sucesso.

Não se esqueça: você precisa visualizar pontos em comum, quanto mais as dores de seus clientes se repetirem, mais chances daquela ser  a informação ideal para a persona do seu negócio.

Fonte: DNA Comunicação

5. Unifique todos esses dados e divulgue para sua empresa!

Por fim, una todos esses aspectos e se certifique se tem, dentre todas as informações abaixo, as mais importante para o seu negócio.

Após fazer isso é só divulgar para os membros de sua empresa, afinal, todo tipo de conteúdo criado deve ser pensado em suprir as necessidades dessa persona, assim criando uma vantagem competitiva para a empresa. Eles devem estar no canal que mais consomem informação, fazendo jus a linguagem que esse público consome e atingindo todos os outros pontos já citados aqui nesse artigo!

Chegou até aqui e quer saber mais como o Marketing pode alavancar sua empresa? Agende um papo conosco!

Fale com a gente!

Preencha o Formulário e nossa equipe comercial entra em contato com você! A Espm Jr ajuda o seu negócio a ficar conectado e sempre faturando mais.

Somos a mais conceituada empresa júnior com foco em marketing do Rio de Janeiro.