Rankeamento no Google: 6 dicas para melhorar a posição do seu site

É muito comum atualmente nos depararmos com algumas dúvidas e logo recorremos ao famoso Google para obter respostas. Portanto, atentar-se ao rankeamento do seu site no Google torna-se essencial.

Estar no topo da página de buscas garante visibilidade para sua marca, além de trazer leads orgânicos – são basicamente possíveis consumidores que chegam ao seu site espontaneamente, sem que você utilize mídias pagas – para o seu site e assim, maiores chances de vender seu produto ou serviço para quem realmente está interessado!

Além disso, o ato de fazer uma busca no google acerca de um produto ou serviço que se pretende adquirir se tornou tão frequente no nosso dia a dia que foi denominada ZMOT (Zero Moment Of Truth) pelo próprio Google. O ZMOT é considerado um novo momento no processo mental de decisão de compra do consumidor, ou seja, o momento: “Vou procurar saber melhor no Google sobre esse produto/serviço”.

Mas então nesse momento você deve estar se perguntando: Como o Google decide quem fica com um bom posicionamento na página de buscas? E como melhorar o rankeamento no Google do meu negócio para que minha página possa ser uma das primeiras a aparecer?

É neste momento que falamos sobre o tão conhecido para alguns: Search Engine Optimization (SEO), ou seja, otimização para mecanismos de busca. Se você nunca ouviu falar sobre esse conjunto de estratégias que potencializam o posicionamento do seu site em páginas de resultados orgânicos, não se preocupe, é exatamente sobre isso que vamos aprender neste artigo.

Entendendo essas dúvidas, listamos algumas estratégias de SEO para tornar mais claro para você como alcançar esse bom rankeamento no Google e obter resultados cada vez mais satisfatórios. Confere a seguir!

Lupa com técnicas de SEO para melhorar rankeamento no Google

Fonte: Freepik

1. Escolha a palavra-chave correta

Em resumo, a palavra-chave é composta por uma ou mais palavras e representa a dúvida que o usuário irá digitar na busca no Google para obter uma resposta. 

Em termos de rankeamento orgânico, a escolha dessa palavra-chave é essencial para atingir precisamente o público-alvo da sua estratégia. Porém, antes de mais nada, é preciso conhecer e definir sua persona para planejar quais palavras-chave fazem sentido para a “dor” dela e o que ela precisa.

Esse processo de construção da persona pode ser feito a partir de conversas diretamente com clientes ou de forma mais assertiva com pesquisas de mercado.

Um ponto interessante que ilustra essa necessidade de acertar essa palavra-chave e atingir o público que possui interesse no seu ramo, é o fato de que um dos critérios que o Google utiliza para entender se seu conteúdo é relevante, é o tempo que o usuário permanece no seu site. E o mais importante é: se o Google entende que seu conteúdo é relevante, você será melhor posicionado na página de buscas.

Além disso, é essencial entender também se existe uma procura relevante por essa palavra-chave que você escolheu, ou seja, se há pessoas interessadas no conteúdo que você deseja oferecer. Para isso, utilizamos algumas ferramentas como Google TrendsUbersuggest e Google Keyword Planner.

Uma dica é não utilizar palavras-chave genéricas, como por exemplo ‘Pizza’. O volume de busca deste termo será muito alto, porém, provavelmente o número de páginas falando sobre esse tema também será muito alto. Em resumo, a concorrência dessa palavra-chave é muito maior do que utilizando palavras específicas, como por exemplo ‘Como fazer pizza em casa’. 

Ao utilizar esse termo mais específico você não atingirá pessoas que estão procurando delivery de pizza por exemplo, mas sim aqueles que estão procurando o seu conteúdo, ou seja, aqueles que querem aprender a fazer a pizza em casa. Dessa forma, garantindo que sua página ou postagem está alcançando o público que faz sentido.

Por último, para a estratégia de rankeamento no Google com artigos do blog da sua marca é muito importante que essa sua palavra-chave escolhida apareça no título das suas postagens.

2. Invista em conteúdo de qualidade

Como falamos anteriormente, o tempo que o usuário permanece na sua página é uma referência para o Google entender se seu conteúdo é relevante ou não. Nesse ponto é importante entender que o inverso também é levado em consideração, ou seja, quando o usuário entra na sua página e rapidamente sai, também é entendido que aquilo não era relevante.

Portanto, é mais do que essencial que o material que você esteja oferecendo seja de qualidade e tenha uma relevância para a dor do seu potencial cliente.

Uma dica para convencer o leitor a ler todo seu conteúdo é escrever uma boa introdução, contextualizando o tema e mostrando os benefícios de acompanhar seu artigo até o final.

3. Faça linkagem interna!

Para que o usuário que está visitando sua página permaneça mais tempo no seu site e consuma mais conteúdos da sua marca utilizamos links internos. 

Isto é, se você possui um conteúdo sobre marketing digital já postado na sua página e está escrevendo um outro artigo sobre estratégias de vendas para postar, é interessante citar neste segundo estratégias de marketing digital e inserir o link do post para que o usuário possa clicar e se aprofundar melhor no assunto. Como eu fiz na primeira linha deste parágrafo! Isso é um link interno!

Dessa forma, você melhora a experiência desse leitor e ao mesmo tempo, ele permanece mais tempo no seu site. Como resultado, o Google entende que seu site oferece uma boa experiência para visitantes e melhora seu posicionamento na página de buscas.

No entanto, vale ressaltar que essa linkagem funciona melhor se feita de forma contextual e ao longo do texto. Utilizar termos como ‘clique aqui’ com links inseridos pode parecer forçado, e o texto ajuda o Google a entender o que é o link e sua relevância.

4. Aposte em linkagens externas

Além dos links internos, a utilização de linkagem para sites externos (ou seja, não sendo sua própria página) é muito bem visto pelo Google.

É importante destacar, entretanto, a importância desses links terem conteúdos de qualidade e também que não sejam de sites concorrentes ao seu negócio, pois você estará levando um usuário para fora da sua página e também para um concorrente.

Portanto, esse link para domínios externos deve ser feito com cuidado e devem ser conteúdos que complementam o que você está oferecendo para o leitor. De forma que o conteúdo do link não apague a importância do seu conteúdo.

5. Torne o design do seu site responsivo

Além de todos os pontos já mencionados, mais um dos critérios utilizados pelo Google para definir o posicionamento de um site na página de buscas é o design responsivo do site.

Ou seja, se a sua página não está otimizada para se adaptar bem em aparelhos celulares, você perderá posições nesse rankeamento no Google.

Esse critério tem ganho cada vez mais relevância, já que cada vez mais os usuários utilizam seus aparelhos mobile para acessar a internet.

6. Utilize o plugin Yoast SEO

Uma ótima dica para não deixar passar nenhum detalhe e estruturar seu post no blog com as melhores estratégias de SEO é utilizar a ferramenta Yoast SEO.

Após instalar esse plugin no seu WordPress, ele irá automaticamente avaliar seu conteúdo e apontar, por meio das cores verde, amarelo e vermelho, o que pode ser melhorado e o que está sendo bem feito de acordo com os critérios de rankeamento no Google que conhecemos. 

Dessa forma, como ilustrado na imagem abaixo, quando um critério está com o sinal verde, significa que a ferramenta está te afirmando que o post está bom para ser postado, o amarelo significa que pode ser melhorado e o vermelho que há algo importante a ser revisado.

Por fim, chegamos ao final deste artigo e esperamos que você tenha compreendido alguns critérios que o Google utiliza para o rankeamento orgânico em sua página de buscas e como colocá-las em prática.

Se ao final deste texto você ainda estiver com dúvidas entre em contato com a gente pelo nosso whatsapp ou página no Instagram para que possamos te ajudar no assunto e melhorar seu posicionamento no Google, e consequentemente, aumentar o fluxo de visitantes no seu site!

Entre em contato com a maior empresa júnior com foco em marketing do Rio de Janeiro e agende um diagnóstico gratuito para que nós possamos te ajudar a colocar o seu plano em prática. E boa sorte nessa jornada! Clique aqui.

Artigo escrito por:

Gostou desse artigo? Compartilhe.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
Linkdin
Share on email
Email
Share on whatsapp
Whatsapp
Share on telegram
Telegram

Artigos relacionados

DIAGNÓSTICO GRATUITO

Solicite GRATUITAMENTE um diagnóstico para sua empresa.

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Acesse nossa Política de Privacidade.